segunda-feira, 8 de julho de 2019

"Açúcar, Tempero e Tudo Que Há de Bom!"

É engraçado como algumas crianças acham idiota assumirem que gostam de desenhos animados. Será que esquecem que todo adulto já foi criança? Sim, o post de hoje será sobre desenhos animados, e eu já aproveitei a deixa para deixar aqui a imagem da minha animação favorita na infância(Quero ver quem lembra desse filme kkkkk).
É engraçado também que alguns adultos gostam de fazer que esqueceram da infância. Gritam com os colegas de trabalho, exigem seriedade, pagam boletos, fazem tudo por um emprego... Até que mudando de canal, sem querer, se deparam com um especial de um desenho que marcou a infância. Nesse momento privado, por alguns minutos, pode ser criança né?
Acho impressionante essa capacidade que algumas animações têm de transportar a gente de volta no tempo. Não sei vocês, mas eu ainda fico meio impactada quando escuto aquela vinheta "Açúcar. Tempero. E tudo que há de bom". Talvez alguém que não era tão absurdamente viciado em ppg quanto eu possa não ficar, mais duvido não ter a mínima reação quando assiste um programa que marcou a infância.
O mais interessante é que os desenhos (cartuns, principalmente) costumam ter dois modos de interpretação: um infantil, mais ligado no enredo em si e nos eventos chamativos; outro para os pais e parentes mais velhos que assistem junto da criança, ou sozinhos mesmo, com menções à sociedade, fatos da época...
Por isso, mesmo com muitas coisas absurdas, como as toalhas que o Pato Donald usa ao sair do banho, todo meu respeito aos desenhistas, os artistas do desenho. Conseguir dialogar entre públicos e marcar alguém não é para qualquer um.
E você, tem algum desenho favorito da infância? Já experimentou a nostalgia de assistir de novo? Vale a pena ;)

4 comentários:

  1. Entramos em um assunto mt interessante aqui :)
    Eu hora ou outra assisto um desenho aqui e ali, me ajuda demais a refrescar a cachola. Sim alguns desenhos me levam no tempo, não apenas desenhos mas alguns animes também, a nostalgia é um sentimento muito puro e inspirador que pode ser alegre ou triste, é bem multi cor.

    Sim admiro os roteiristas que conseguem fazer essa dual mensagem. Infelizmente nem todos fazem mais isso, eu tentei assistir umas coisas, mas falhei miseravelmente porque não parece mais tão legal, por outro lado tem umas animações que me cativaram muito mais que um filme. Acho isso tão incrível.

    O que sempre vai me manter alegre: Naruto, HunterxHunter, Mutante Rex, Liga da Justiça, Os vingadores, os maiores heróis da terra, Homem Aranha de 94, Samurai Jack, X-men Evolution, Jack Chan kkkk fora uns desenhos da Disney.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, eu nem faço lista porque é tanta coisa que posso me perder... kkkkkkk (aliás, essa lista eu NEM FAÇO IDEIA DE QUEM SEJA ESSE ANÔNIMO)

    ResponderExcluir
  3. Vamo lá: Eu assistia, assisto e sempre assistirei desenhos. Sejam eles cartoons e principalmente animes. Fazem parte da minha vida e nunca vou negar isso. Eu nem vou falar muito sobre porque vai dar mais de 100 desenhos(e eu não tô brincando). Seja filme, ou em forma de série/seriado; sempre vou ver e defender pra sempre.
    Mas falando de favoritos aqui, de cartoon sempre o meu favorito foi Liga da Justiça/Sem limites. É uma obra prima os arcos abordados, a dublagem impecável, a interação entre tantos personagens... Dá um show. Também adorava Avatar - A lenda de Ang. De anime é mais difícil decidir...
    De curta duração, eu fico com Code Geass, Cavaleiros do Zodíaco - Lost Canvas e um bem recente chamado Wotaku ni koi wa muzukachi. De longa duração foi Bleach e HunterxHunter(2011). Nem vou citar os filmes. Vai demorar muito mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desenhos são muito incríveis mesmo ^^ Eu também nem citei todos que gosto porque ficaria muito longo kkkk (LJ é e sempre será um dos melhores crossovers de todos os tempos embora nem lembrem mais que é um crossover kkkk)

      Excluir