sábado, 10 de agosto de 2019

Escrevi um Post Escrito sobre Escrever


Mais um fim de semana à noite e eu em casa, escrevendo minhas maluquices! Quem se acha normal vai torcer o nariz, mas o ato de escrever já é uma grande loucura. No caso daqui, sentar na frente de um computador, e se concentrar em passar as coisas que curto dentro das normas gramaticais, de forma compreensível, tendo o cuidado de editar tudo, desde o design da página e atualizar regularmente, dando ouvidos a o que os leitores pedem, mas sem esquecer das minhas inspirações, e mantendo o tom. E não dar ouvidos a quem está ao redor que geralmente pensa que no computador a gente só procrastina ( faço isso apenas 90% do tempo, mas não o TEMPO TODO). Ou quem diz que ser escritor é perda de tempo, ou que não há mais espaço para autores bem sucedidos. Sem ganhar um centavo para isso.
Devem estar se perguntando: " Mas por que essa criatura continua fazendo isso?"
 Porque é tão bom! Colocar as ideias para fora sem julgamento social. Aqui eu não sou a imagem que fazem do meu nome. Aqui eu sou o que penso, o que acredito, o que curto. Eu. E é muito legal desvendar o mundo através das palavras. Ainda tenho muuuiiito a melhorar na escrita, mas é por isso que vou continuar tentando, já que nos dias de hoje, perder sextas, sábados e domingos preocupade com textos é quase uma característica alien.
Nas horas que a gente buga, em que tudo parece estar certo, mas ainda há algo incomodando em algum lugar e nem nós mesmos sabemos o que é; nesses momentos escrever compensa demaiis. Pode ser a coisa mais idiota do mundo, a gente consegue administrar essa ideia quando escreve e alinhar um pouco os pensamentos com o mundo real. Não sei se vai fazer sentido para você, mas conheço muita gente que mascara tudo que sente agindo com polidez. É quase como um teatro que a gente faz para nós mesmos para a gente se convencer de que está bem e que tem fingir que não está sentindo nada de diferente. Escrever é quase como entender o que está acontecendo ou ao menos encarar.
 De qualquer forma, não estou fazendo nada de mal a ninguém (até onde sei). Então, se você gosta de sair muito, pegar mil pessoas e mostrar para o mundo que chegou no rolê, parabéns. Nada contra, mas tem gente que prefere  de outro jeito, só isso. Não force a pessoa que não interage a se enturmar. Muitas vezes ela está aproveitando também, mas do jeito dela. Disso sei, rs.

2 comentários:

  1. Exatamente, nunca li tantas verdades em um post ^^ me identifiquei mt <3

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada! Que bom que o texto conseguiu te tocar, isso sempre me deixa gratificada ^^

    ResponderExcluir