domingo, 29 de setembro de 2019

Fones de Ouvido

Têm momentos em que a gente simplesmente sente que não está na frequência do mundo ao nosso redor. Todos sorriem mas você sabe que aquilo está errado. Ou exatamente no momento em que se alegra, começam a chover reclamações ao seu redor.
Pode ser incômodo ouvir isso, mas existem coisas mais importantes acontecendo na sociedade do que seus sentimentos em determinada hora. Porém, dentro de você, isso não pode ser ignorado. Merece ser ouvido e respeitado (para rimar). Só nós mesmos caminhamos conosco 24 hrs por dia, em todos os momentos da vida, no bem e no mal. A gente precisa se entender um pouquinho.
Mas como fazer isso no meio da confusão de rotinas corridas e outras milhares de cobranças e necessidades dos que estão ao nosso redor? Eu ponho fones de ouvido. Não precisa ser no máximo quando tem alguém falando. Nem dá pra ser o tempo todo, claro. O objeto desperta carência em quem gosta de ser muito ouvido. Mas sempre que possível, procuro uma música que traduza meu pensamento, minhas alegrias e tristezas. Programo, coloco os fones (para não incomodar também) e aperto o play.  É uma ação introspectiva. É libertador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário